Joias, Semi Joias e Bijuterias: Qual é a diferença?

Saber a diferença entre joia, bijuteria e semi joia é o primeiro passo para selecionar o que comprar para combinar com seus looks. Veja as principais diferenças por aqui.

A bijuteria é feita basicamente por materiais não nobres e não possuem ouro ou prata em sua superfície. As bijuterias recebem uma tinta dourada ou prateada que ajuda a envernizar e dar cor a peça.

A semi joia possui a sua base (estrutura) feita em material não nobre (como o estanho, latão, bronze ou zamack) e depois recebe uma camada relativamente espessa de ouro, prata ou ródio. A semi joia é muito parecida visualmente com a joia. Então as diferenças são que a joia é composta por materiais nobres em toda sua estrutura e a sua durabilidade é maior.

Durabilidade

Quanto à durabilidade, as bijuterias têm uma vida útil menor, sendo praticamente descartáveis. Já as semi joias, por receberem uma camada de material nobre, quando bem cuidada pode durar muito tempo.

Preço

A qualidade e garantia são outros fatores que justificam o preço. Quanto maior a quantidade de metal nobre, maior será a qualidade da peça e consequentemente maior será o prazo de garantia.

Por questões de custo, as bijuterias não possuem pedras naturais, optando por materiais sintéticos baratos como strass, também conhecidos como resinas (ou seja, imitações de pedras feitas de plástico na maioria das vezes).

As semi joias, por questão de valor e qualidade do metal utilizado, quase sempre utilizam pedras naturais e zircônias, dependo da peça e do valor agregado que ela oferece.

As semi joias recebem a denominação de banhada ou folheada, ambos os termos são usados para definir a mesma técnica, ou seja, recebem camadas de ouro, prata ou ródio.

Quando inspirada no design de uma joia, é considerada uma semi joia fina, afinal seu porte é compatível aos utilizados em joalherias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ajuda